terça-feira, 3 de março de 2015

Banho Sabonete de Sal Grosso e Ervas - Benefícios

Todos nós temos ao redor do nosso corpo físico um campo eletromagnético, composto por corpos sutis, que se denomina aura. As auras das pessoas e dos lugares funcionam como antenas que recebem e enviam mensagens entre si, que são decodificadas através da nossa intuição.
Quando passamos por situações estranhas, energias desequilibradas se agregam à nossa aura e permanecem lá por muito tempo provocando doenças.
Quando tomamos um Banho de Ervas limpamos a nossa aura fazendo com que ela volte a funcionar normalmente e harmonizando os nossos chakras que são túneis por onde entram as energias no nosso corpo físico.
Cada planta tem características próprias que interagem com as nossas energias provocando as mudanças necessárias. As ervas podem limpar, energizar, melhorar nossa auto-estima, tirar nosso cansaço, etc…

Relação de Ervas e suas Propriedades

  • Arnica – afasta a negatividade
  • Abre Caminho – novas forças
  • Açúcar – aceitação
  • Alho (palha) – proteção
  • Alecrim – clareza mental
  • Alpiste – prosperidade
  • Arruda – proteção
  • Anis Estrelado – aumenta a auto-estima
  • Água-de-arroz – calmante
  • Água-marinha (planta) – limpeza
  • Alfazema – mudança
  • Bulbo de cebolinha – tira o cansaço
  • Comigo-ninguém-pode – defesa
  • Camomila – limpeza (bactericida)
  • Canela – limpeza, força e prosperidade
  • Cravo da Índia – estimulante
  • Crisântemo branco – calmante
  • Crista-de-Galo (sementes) – calmante (hipertensão)
  • Contas de Rosário – concentração
  • Cenoura (folhas) – fraqueza
  • Dente-de-Leão – tristeza e anti-tóxico
  • Erva doce – boas energias
  • Espada de São Jorge – proteção
  • Folha de Pinheiro – limpeza
  • Folhas de Pêssego – dissolve densidades acumuladas
  • Folhas de Limão – corta energias negativas
  • Folhas de Manga – prosperidade
  • Folhas de Louro – prosperidade
  • Fumo – proteção
  • Flor de sabugueiro – calmante
  • Guiné – proteção e força
  • Girassol (sementes) – acelera as mudanças
  • Guaraná – aumenta as energias
  • Hortelã – aceitação
  • Inhame – força e limpeza
  • Levante – força, melhorar a auto-estima
  • Losna – corta a negatividade (raivas)
  • Macela – calmante (bom para insônia)
  • Manjericão – equilíbrio, renova as células do organismo
  • Pitanga (folhas) – melhora a circulação
  • Rosas brancas – limpeza
  • Rosas vermelhas – energia
  • Sementes de tangerina – para dores na coluna
  • Sálvia – rejuvenecimento

    Benefícios do banho de Sabonete com sal grosso ou escalda pés:


    Fisiológicos:
    - Ajuda a desintoxicar o corpo e afastar os vírus.
    - Estimula a circulação natural para a melhoria da saúde
    - Ajuda a aliviar o pé do atleta, calos e calosidades.
    - Relaxa a tensão, dores musculares e nas articulações.
    - Ajuda a aliviar artrite e reumatismo
    - Ajuda a aliviar a dor lombar crônica

    Benefícios estéticos:
    - Tira as impurezas da pele
    - Alivia irritações da pele como psoríase /eczema.
    - Alivia comichão, ardor e picadas.
    - Suaviza e amacia a pele. Incentiva a pele se renovar.
    - Ajuda a curar as cicatrizes.
    - Restaura o equilíbrio a umidade da pele.

    Ocupacional:
    - Alivia o cansaço, os pés doloridos e os músculos da perna
    - Alivia a tensão nas mãos e punhos.
    - Ajuda a aliviar lesões ocorridas nas práticas esportivas.

    Psicofísica:

    - Proporciona um relaxamento profundo
    - Ajuda a aliviar o estresse e tensão




  • Nosso Sabonete Xô Uruca é feito com glicerina hipoalergênica, ervas (macela, erva doce e alecrim), manteiga de cupuaçu, extrato glicólico de mel e com delicioso aroma de alecrim e arruda!

    Embalado um a um, e envolto em fitinha do Bonfim.

    Para um banho refrescante e energético!


    Também trabalhamos com escalda pés e esfoliante corporal de sal grosso e menta!

    Visite nossa loja, e depois de feita sua compra, digite "positividade" no campo "Mensagem" e ganhe uma linda lembrança!

    perfumepoesia.divitae.com.br


    (fontes: Akasha, http://sullahterapias.com.br)

sábado, 8 de novembro de 2014

Cuidados com a pele no verão



Durante o verão, aumentam as atividades realizadas ao ar livre. A radiação solar incide com mais intensidade sobre a Terra, aumentando o risco de queimaduras, câncer da pele e outros problemas. Por isso, não podemos deixar a fotoproteção de lado. Veja a seguir dicas para aproveitar a estação mais quente do ano sem colocar a saúde em risco.

Roupas e acessórios

Além do filtro solar (nosso de todo dia), no verão é importante usar chapéu e roupas de algodão nas atividades ao ar livre, pois  retêm cerca de 90% das radiação UV.  Tecidos sintéticos, como o nylon, retêm apenas 30%. Evite a exposição solar entre 10h e 16h (horário de verão). As barracas usadas na praia devem ser feitas de algodão ou lona, materiais que absorvem 50% da radiação UV.  Outro objeto que tem extrema importância são os óculos de sol, que previnem cataratas e lesões á córnea. 

Filtro solar

O verão é o momento de intensificar o uso de filtro solar, que deve ser aplicado diariamente, e não somente nos momentos de lazer.  Os produtos com Fator de Proteção Solar (FPS) 15 ou 20 podem ser usados no dia a dia; e o FPS 30 ou superior  é ideal para uma exposição mais longa ao sol (praia, piscina, pesca etc.).
O produto deve proteger contra os raios UVA (indicado pelo PPD) e contra os raios UVB (indicado pelo FPS). Aplique o produto 30 minutos antes da exposição solar, para que a pele o absorva. Reaplique-o a cada duas horas, mas fique atento, esse tempo diminui se houver transpiração excessiva ou se você entrar na água. Aplique o protetor uniformemente em todas as partes de corpo, isso inclui mãos, orelhas, nuca, pés
Uma dica bacana é que o uso de fluidos siliconados nas pontas dos cabelos impede que eles se danifiquem com o vento, calor ou maresia. Não se esqueça de proteger as cicatrizes. Quando novas podem ficar escuras se não forem protegidas. Se antigas podem desenvolver tumores na pele, apesar de ser um evento raro. Pode ser colocado o filtro na própria cicatriz ou protegê-las com adesivos ou esparadrapos.
Em crianças, inicia-se o uso do filtro solar a partir dos seis meses de idade, utilizando um protetor adequado para a pele sensível da criança, de preferência os filtros físicos. Você pode pedir orientação a um pediatra ou a um dermatologista sobre qual o melhor tipo para cada caso. É preciso que as crianças e jovens criem o hábito de usar o protetor solar diariamente, pois 75% da radiação acumulada durante toda a vida ocorre na faixa entre 0 e 20 anos.
Alerta: As pessoas de pele negra têm uma proteção “natural” da pele, pela maior quantidade de melanina produzida, mas não podem esquecer da fotoproteção, pois também estão sujeitas a queimaduras, câncer da pele e outros problemas. Assim como as pessoas de pele mais clara, precisam usar filtro solar, roupas e acessórios apropriados diariamente. Ótimo! 

HÁBITOS DIÁRIOS

As temperaturas mais quentes exigem hidratação redobrada, por dentro e por fora. Aumente a ingestão de líquidos no verão e abuse da água, suco de frutas e da água de coco. Todos os dias, aplique um bom hidratante, que ajuda a manter a quantidade de água na pele entre 10% a 30%.
Alguns alimentos podem ajudar na prevenção dos danos que o sol causa à pele, como cenoura, abóbora, mamão, maçã e beterraba, pois contêm carotenóides, substância que se deposita na pele e retém as radiações ultravioletas. Esta substância é encontrada nas frutas e legumes de cor alaranjada ou vermelha.
No verão estamos mais dispostos a comer alimentos saudáveis, carnes grelhadas, alimentos crus e cozidos. Frutas e legumes com alto teor de água e com baixo teor de carboidratos e muitas fibras também são muito comuns nesta época. Aposte nestes alimentos para ajudar na hidratação do corpo, prevenir doenças e os sinais do envelhecimento.

No banho, use sabonetes compatíveis com o tipo de pele. A temperatura da água deve ser fria ou morna, para evitar o ressecamento.
 

DOENÇAS DE PELE

A combinação sol, praia, areia ou piscina mais o excesso de suor elevam o risco de algumas doenças da pele. Saiba mais a seguir.

Micoses

As micoses podem se manifestar na pele, no couro cabeludo e nas unhas. Vale lembrar que ninguém está livre delas, crianças, jovens, adultos e idosos. Os pés, a virilha e as unhas são os lugares mais comuns em que elas aparecem, mas isso não significa que outras partes do corpo estejam livres das terríveis micoses. São infecções causadas por fungos que se alimentam da queratina presente nesses locais. Quando encontram condições favoráveis ao seu crescimento, como: calor, umidade, baixa de imunidade ou uso de antibióticos sistêmicos em longo prazo, estes fungos se reproduzem e passam então a causar a doença.
A melhor forma de evitar as micoses é mantendo hábitos de higiene, como: secar-se após o banho, principalmente áreas de dobras da pele, como virilha, entre os dedos dos pés, axilas. Não andar descalço em pisos constantemente úmidos (lava-pés, vestiários, saunas). Usar somente o seu material de manicure. Evite usar calçados fechados o máximo possível.  Opte pelos mais largos e ventilados.

Brotoejas

Aquelas pequenas bolinhas na pele também costumam dar o ar da graça nos dias de calor. Elas surgem principalmente em bebês por conta do contato da pele com o suor nas “dobrinhas” da pele ou das roupas. Elas aparecem quando há entupimento das glândulas sudoríparas. Podem ser bolhas transparentes e podem não coçar quando a obstrução for superficial; ou avermelhadas e coçarem muito quando a obstrução dos canais das glândulas por mais profundo. Usar roupas frescas no calor, evitar locais muito abafados que propiciam a sudorese excessiva, são algumas dicas para evitar brotoejas, principalmente em pessoas predispostas.

Manchas e sardas brancas

As manchas e as sardas brancas surgem devagar e quando menos se espera, elas estão lá fixadas na pele como mini-pontinhos. Elas são danos que os raios solares causaram na pele e aparecem como tempo.
As manchas são conhecidas como manchas senis, ou melanoses solares. Em geral, são manchas escuras, de coloração entre castanho e marrom, geralmente pequenas. Surgem em áreas que ficam muito expostas ao sol, como a face, o dorso das mãos e dos braços, o colo e os ombros.
As sardas brancas aparecem quando há ação acumulativa da radiação solar sobre áreas de pele expostas ao sol de forma prolongada e repetida ao longo da vida, provocando alterações nos melanócitos.
A melhor forma de evitá-las é não se esquecendo do protetor solar para que não apareçam novas lesões. As manchas e sardas têm tratamento, feito por um dermatologista especializado. Ele irá avaliar sua pele e as lesões e indicar o melhor tratamento.
Essas lesões são benignas, não evoluem para o câncer da pele; entretanto, são marcadores de fotoexposição e fotodano. Por esse motivo, o acompanhamento regular desses pacientes com dermatologista, é fundamental para uma perfeita avaliação e acompanhamento.

Acne solar

É provocada pela mistura da oleosidade da pele com o uso do filtro solar. Lave o rosto com sabonete ideal para o tipo de pele, use tônicos mais adstringentes e procure usar filtros solares com base aquosa ou em gel, esses produtos deixam a pele mais seca, o que pode diminuir a oleosidade da pele.

(fonte:www.sdb.com.br) 

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Como Escolher o Sabonete Ideal para Você !

Ao escolher, o consumidor deve atentar para o pH do sabonete, ou seja, o potencial hidrogeniônico do produto e verifi car se é compatível com o da pele”, afirma Paula Colpasdermatologista da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). De acordo com a profissional,o pH pode variar numa faixa até 14, sendo que quanto mais próximo do 0, mais ácido; já se o valor está mais para 14, mostra um pH alcalino. O pH 7 é considerado neutro. Os sabonetes devem ter pH próximo ao da pele (que fica entre 5,4 e 5,6), para evitar alterações na acidez cutânea.

Cada tipo de sabonete, uma característica.
É importante saber que os sabontes têm componentes distintos e o que cada um deles pode fazer para apele. Os sabontes em barra são compostos de ácidos graxos de origem animal ou vegetal e possuem um pH na faixa de 8 a 9,5 (pH alcalino). Já os líquidos contêm detergentes e, geralmente, têm a vantagem de ficar com o pH mais próximo da neutralidade, podendo variar do mais ácido até o alcalino. Durante osbanhos, os especialistas recomendam optar pelas versões líquidas, por serem mais hidratantes. "Os sabonetes  em barra tendem a deixar a pele mais ressecada, pois na maioria das vezes há em sua fórmula soda cáustica e gordura animal. A função do sabonete é limpar a camada mais externa da pele, mas alguns removem a camada natural que ela possui", afirma Carolina Marçon, mebro da Sociedade Brasileira de Demartologia.

Diferentemente das outras partes do corpo, os
 órgãos genitaispodem ser higienizados mais de uma vez ao dia. O ideal é que os sabonetes íntimos sejam usados a partir da adolescência porhomens e mulheres. Existem diversos componentes nos sabonetes íntimos (como glicerina e ácido lático, por exemplo) que tentam manter o pH mais próximo do desejado na área genital. Nas mulheres, o produto deve ser usado apenas externamente, pois as duchas vaginais podem causar infecções, alergias e corrimentos. "O sabonete íntimo é indicado porque seu pH, que é ácido, mantém o pH vaginal também ácido. Dessa forma, os micro-organismos e lactobacilos presentes ali para proteger a mulher se mantêm vivos" diz Carolina.Os especialistas não aconselham o uso de sabonetes em barra para a limpeza dos órgãos genitais, pois além de aumentarem o risco de contaminação, por serem compartilhados por outras pessoas, ressecam ainda mais a pele. De acordo com o Guia Prático de Condutas sobre a Higiene Genital Feminina, desenvolvido pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), dificilmente só a água elimina ascélulas mortas e secreções. Para Paulo Giraldo, ginecologista da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), o pH das genitais femininas varia conforme a idade. “Os sabonetes para essa área são testados dermatologicamente e dificilmente trazem problemas à saúde, a não ser quando usados de forma inadequada ou em excesso, podendo provocar o ressecamento da região”, expõe.

 

O produto indicado para a sua pele

Com tantas opções na hora de comprar, podem surgir algumas dúvidas sobre qual é o melhor sabonete. De acordo com Carolina, é preciso levar em conta o benefício que ele pode trazer para o tipo característico de cada pele. “Dar uma boa olhada no rótulo
a melhor maneira de descobrir o produto ideal. Além disso, sempre é válido consultar um dermatologista, para que avalie adequadamente sua pele e indique com precisão o melhor sabonete para cada situação”, afirma. Confira outras dicas:
Pele seca: necessita de uma limpeza mais eficiente e muita hidratação. Para evitar o ressecamento, o ideal é usar sabonetes com óleos vegetais, sem álcool, óleo de amêndoas, extrato de semente de uva e manteiga de karité

Pele oleosa: requer limpeza eficiente e hidratação leve. Recomendam-se produtos mais detergentes (sabonetes líquidos ou em gel), com ação adstringente e que consigam controlar a oleosidade. Procure sabonetes que tenham na fórmula ácido salicílico, enxofre, sulfacetamina sódica, própolis e hamamélis.

Pele normal: o produto deve ser moderadamente hidratante, com ingredientes como cânfora e alantoína e dê preferência a sabonetes neutros.

Pele sensível: opte por sabonetes neutros, líquidos ou em gel e destinados a bebês e crianças, que são menos agressivos. Procure por substâncias calmantes, como camomila



.                                                         
                   http://perfumepoesia.divitae.com.br/produto-81976-sabonete-violeta
 


                      http://perfumepoesia.divitae.com.br/produto-48408-sabonete-coracao-vermelho

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Tipos de pele e seus cuidados

Conhecer o seu tipo de pele é fundamental para conseguir tomar a decisão acertada ao escolher os cuidados específicos de acordo com as necessidades da sua pele. Os seus genes são certamente os maiores responsáveis pelo tipo de pele que você tem. Sendo a pele um órgão do seu corpo, tal como os outros órgãos, as suas características são determinadas geneticamente, isto é, você já nasce com elas definidas.
No entanto, a beleza e saúde da sua pele durante a vida vai depender também de outro tipo de fatores. O que você come, a sua dieta, o seu nível de stress, os medicamentos que toma, a forma como você cuida do seu corpo em geral e o descanso, são alguns dos fatores que determinam a quantidade de óleo que a sua pele produz e também que aspecto vai ter. Há várias dicas para ter uma pele bonita que você pode seguir, mas talvez a mais importante seja identificar o seu tipo.
                                               foto: www.progresso.com,br
Tipos de pele
A maior parte dos especialistas distinguem 5 tipos de pele: A pele normal, a pele oleosa, a pele mista, a pele sensível e a pele seca. Cada tipo de pele tem as suas características particulares que requerem cuidados diferentes.
Pele Normal > A pele normal tem uma textura fina e uma superfície suave, macia e é bem flexível. De todos os tipos de pele este é sem dúvida o mais equilibrado e o que menos problemas e imperfeições como espinhas e manchas desenvolve. Não é nem demasiado seca nem demasiado gordurosa. Os poros são bem pequenos e mal se notam. Este é um tipo de pele vibrante que reflete saúde.
Pele Oleosa > Este é um tipo de pele que (como o seu nome sugere) produz uma maior quantidade de óleo, isto é, as glândulas sebáceas devido a vários fatores (principalmente o fator genético) têm maior actividade do que nas pessoas com pele seca, normal ou mista, o que leva a uma maior quantidade de secreção de sebo.
A pele oleosa apresenta poros dilatados, bem maiores do que os outros tipos de pele e também mais escuros, devido ao excesso de sebo que produzem e ao lixo que se vai acumulando, o que se revela num dos maiores problemas deste tipo de pele. É um tipo de pele marcado pelo aspecto gorduroso e brilhante que se vê em muitas pessoas. Tem também maior tendência para o desenvolvimento de espinhas.
Pele Seca > De todos os tipos de pele, a pele seca será o que requer mais cuidados, devido á sua tendência para envelhecer mais rapidamente e desenvolver problemas mais sérios. É um tipo de pele com maior tendência para descamar, ter menos elasticidade bem como desenvolver rugas e linhas de expressão do que os outros tipos de pele.
Pele Mista > Este é provavelmente um dos tipos de pele mais comuns e, como o próprio nome sugere, é uma combinação de pele seca com pele oleosa. Algumas regiões são oleosas (principalmente na zona T – queixo, nariz e testa) onde os poros são naturalmente mais dilatados e também outras áreas em que esta pode ser normal ou seca (área em redor dos olhos, boca e bochechas). Se você sente a sua pele esquisita como se estivesse a ser esticada em algumas áreas e com excesso de óleo noutras, então você provavelmente tem pele mista.
Pele Sensível > A pele sensível é um dos tipos de pele mais frágeis e se torna irritada e inflamada muito facilmente. É normal haver zonas que desenvolvam vermelhidão, coceira, manchas, ardor e uma maior tendência para descamar. Apresenta uma textura fina, delicada e bastante sensível ao uso de cosméticos bem como às alterações do clima. A pele sensível é talvez um dos tipos de pele mais problemáticos e como tal exige cuidados especiais.

Como saber qual o tipo de pele que você tem

Se você não conseguiu descobrir o seu tipo de pele depois de ler as características listadas acima aqui fica uma dica que o pode ajudar. Tudo o que você precisa é de um lenço seco e limpo para limpar o rosto. Ao acordar de manhã limpe a cara com o seu lenço e olhe para ele.

Aqueles que têm pele normal vão notar que o lenço não ficou com óleo e sentem a pele do rosto flexível, vibrante, fresca e elástica. Os que têm pele oleosa vão ver que seu lenço ficou com manchas transparentes causadas pelo excesso de óleo na pele. Normalmente o óleo é encontrado em maior quantidade na área do nariz, bochechas e testa.

No entanto se houver óleo apenas no centro a sua pele pode ser um tipo de pele mista, isto é, se você verificar que o óleo vem apenas do nariz e testa (consideradas as áreas do rosto com mais óleo) e não das bochechas.

Se depois de limpar  a pele você não encontrou óleo no seu lenço e sente a sua pele como se estivesse esticada ou presa, com pouca elasticidade, áspera e uma sensação de secura o mais certo é que você tenha pele seca.

Pessoas com a pele sensível vão notar que sua pele fica com manchas muito facilmente e não reage muito bem aos produtos de cuidados com a pele, ficando inflamada ou com coceira.

(fonte: cuidadoscomapele.org)

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Cromoterapia - significado e função das cores

Cromoterapia é uma terapia que auxilia nos processos de ativação de células doentes, recuperando-as na verdade. Através dela, capturamos as cores da natureza para aplicá-las em nossos campos energéticos, recuperando assim o nosso bem-estar e nossa saúde. Ela visa restabelecer o equilíbrio-cor, restaurando assim a nossa aura possivelmente fragmentada, restabelecendo, portanto, o nosso equilíbrio físico, mental e espiritual.

As cores estão presentes em várias situações da nossa vida: nos alimentos que ingerimos, nas roupas que vestimos, no ambiente familiar e no trabalho. Na natureza, elas atingem o seu maior destaque, com o brilho da primavera. A presença das cores é sinal de alegria, descontração, saúde física e emocional.
Ninguém duvida que as cores exerçam uma influência específica, cada uma a seu modo, nas pessoas, no animais e até mesmo nas plantas. Existem estudiosos que admitem uma espécie de campo vibratório emitido por cada uma das cores e suas tonalidades. Esse campo determinaria a sua influência através da modificação do padrão vibratório molecular do campo energético do ser vivo. Isso explicaria o fato de a cor influenciar e modificar até pessoas com os olhos vendados, sem contato visual com o padrão colorido. Os animais e as plantas estariam na mesma situação.
O uso das cores para o tratamento físico é conhecido como cromoterapia. Ela se baseia nas propriedades terapêuticas de cada uma das sete cores do arco-íris. Inicialmente, a vibração das cores age nos campos de forças denominados chakras, promovendo o reequilíbrio energético; em seguida, seu efeito atinge o físico, favorecendo o restabelecimento do órgão afetado por alguma doença.
A cromoterapia originou-se em épocas remotas. Relatos de antigas civilizações, como a egípcia, hindu e outras, referem-se à significativa presença das cores na cultura dos povos, bem como à sua contribuição na terapêutica.
Atualmente o emprego das cores tem se tornado cada vez mais freqüente nos diversos segmentos, que compreendem a decoração, a publicidade e outros. No tocante à cromoterapia, ela tem-se difundido por vários países, como uma prática alternativa. 
- BRANCO:  é a soma de todas as cores, representa inocência, pureza e paz. Representa a luz divina. Traz energia . Desperta alegria e pode ser excitante para as pessoas que se encontram estressadas ( aí é melhor usar o verde que traz equilíbrio).

 - PRATEADO: concede a influência da Lua, proporciona mistério, magia, receptividade e uma natureza mais feminina.

  - DOURADO: concede a influência do Sol, dando ânimo e exaltação, representa a opulência e a riqueza.

 - VIOLETA: sedativo dos nervos e motores e sistema linfático, cauteriza as infecções e inflamações. Efeito purificador, transforma as energias negativas em positivas. Ótimo para a saúde. Acalma coração, mente e nervos.  Aumenta magnetismo pessoal, estimula e ativa o metabolismo do cálcio, atua na formação hormonal, regula o desdobramento químico das substâncias e tem acentuado efeito nos líquidos da coluna. Representa a espiritualidade.

 - ROSA FORTE: age como desobstruidor e cauterizador das veias, vasos e artérias e elimina impurezas do sangue.

ROSA CLARO: ativa a energia amorosa, elimina impurezas do sangue, tonifica e embeleza o semblante. Induz ao romance, às palavras suaves, à delicadeza. Dá sensação de bem-estar e pureza. Estimula a boa vontade e a simpatia. Aproxima os seres.

VERMELHO: aumenta a energia vital.É indicado para pessoas tímidas e retraídas porque estimula a atividade mental e quebra barreiras. Revigora a coragem e a força de vontade. No quarto do casal, estimula a sexualidade. Estimula apetite e fala.  Em excesso, provoca brigas, confusões e explosões de humor.

 - LARANJA:  proporciona maior alegria, jovialidade e libido. Em cosméticos, ajuda na eliminação de gorduras localizadas. Energizador , abre o apetite. Auxilia a mente a assimilar novas idéias;  Ideal para ser usado em sala de visitas, de jantar e cozinhas, pois estimula os sentidos, a criatividade, comunicação e diálogo. Pode ser usado nos casos de apatia e preguiça. 

AMARELO CLARO::  desenvolve a criatividade, purifica o sistema e é benéfico para a pele. Reativador, desintegrador de cálculos, purificador do sistema. Estimula o raciocínio, ajuda no auto-controle. Pode ser usado no quarto de estudo ou da criança. Vitaliza os neurônios favorecendo raciocínio e memória. É utilizado para combater depressão, tristeza, angústia e auxiliar o raciocínio.  Traz felicidade e esperança, impulsiona novas conquistas e criatividade. Simboliza inteligência, troca, mudança, justiça e sabedoria.

 - AMARELO FORTE :  fortifica o corpo e age em tecidos internos.

VERDE: aumenta a capacidade física e mental. Abundância, estimula a verdade e acalma. Energia de limpeza, vaso-dilatador e relaxante dos nervos. Traz força equilibrada, é a cor da natureza. Acalma os sentidos e o sistema nervoso. Significa esperança e satisfação. Dá sensação de frescor e segurança, acalma e descongestiona. Traz equilíbrio emocional.  

-
 VERDE FORTE: Regenerador, anti-séptico e anti-infeccioso

AZUL:  acalma e equilibra, é analgésico, regenera as células dos músculos, nervos, pele e aparelho circulatório. Sedativo e desestressante. Atua diretamente no mental e auto-controle. Cor da paz, da devoção, do amor sublimado. Sugere descanso, quietude, reverência. 

AZUL ÍNDIGO: anestésico, coagulante e purificador da corrente sanguínea, limpa as correntes psíquicas, relaxante e calmante. Representa o contentamento decorrente da realização de altos Ideais. Provoca sensação de harmonia e unidade com a natureza. Traz sensação de eternidade. Representa ternura, amor puro, solidariedade e proteção.

    - PRETA:  favorece a interiorização, a expansão do inconsciente e a introspecção, que muitas vezes se faz necessária para quem se dedica à prática devocional ou aos estudos elevados. 

(fonte de inspiracao: estilo artesanal. mago da luz, dizazine)